Home Uncategorized Cuidados ao contratar um(a) acompanhante

Cuidados ao contratar um(a) acompanhante

Cuidados ao contratar um(a) acompanhante

Nas décadas de 70, 80 e 90, contratar um(a)
acompanhante era uma atividade totalmente   presencial. Você precisava buscar
em esquinas, boates, casas noturnas,   casas de massagem e outros locais similares.
Você, provavelmente, já ouviu diversas histórias   de pessoas que, ao contratar, foram
enganados, assaltados, agredidos e etc. Já faz alguns anos que esse
mercado começou o processo de   digitalização e está mais online do que
nunca. 7%, eu disse, sete por cento da   população brasileira acessa o Fatal Model
por mês. São mais de 14 milhões de pessoas. Quais são os problemas que seguem acontecendo até
hoje? Quais são as novas trapaças e armadilhas   que surgiram com os anúncios online? Vamos
te mostrar as principais no vídeo de hoje! Olá, pessoal aqui do canal do Fatal Model
no Youtube. Eu sou a Lolla Poltronieri,   mãe, acompanhante, anuncio meu trabalho
online e sou embaixadora do Fatal Model. E eu sou a Vitória Dornelles, estudante
de magistério, gaúcha e mulher trans.   Sou acompanhante há 1 ano, anuncio online no
Fatal Model e sou embaixadora da plataforma. O canal do Fatal Model é um local de conteúdo
gratuito sobre o mercado de acompanhantes. Tão   pouco falado na televisão, rádio e pela internet.
Curta o vídeo para ajudar o Fatal Model a seguir   criando conteúdos tão importantes como esse.
Aqui no canal, costumamos dar muitas dicas e   conteúdos voltados para os profissionais que atuam
como acompanhante. Já falamos sobre a violência,   preconceito e desafios que nós passamos
no dia a dia. Aqui no canto do vídeo,   vamos deixar vários vídeos que
falam sobre esses assuntos. Hoje o vídeo é um pouco diferente. Vamos
falar sobre os riscos e, principalmente,   sobre os cuidados que você deve ter
ao contratar um acompanhante online.  Lolla, assim como em toda profissão,
existem pessoas maravilhosas,   mas também existem pessoas más. Há
algumas décadas, nossa profissão é   usada como ferramenta para fraudadores
terem lucro fácil à custa de clientes e,   principalmente, furtar atendimentos que deveriam
ser nossos, que somos profissionais de verdade. Toda vez que uma pessoa mal intencionada
se passa por um profissional acompanhante,   nosso mercado dá um passo para trás. No caminho
contrário do respeito, profissionalismo e   sucesso. Todos são prejudicados.
O Fatal Model possui mais de 25   mil cadastros de acompanhantes ativos e
mais de 14 milhões de usuários mensais.   Isso tornou o Fatal Model expert em te dar todas
as dicas de como fazer uma contratação segura. Quer saber quais são os golpes que mais ocorrem?
Está pensando em contratar acompanhantes e   não quer ter nenhum problema? Assista até o
final e compartilhe com seus amigos e amigas.  Número 1: A extorsão no Whatsapp. Pelo preconceito que o mercado sofre, muitos
clientes preferem manter sigilo sobre contratar   acompanhantes. Isso deixa uma oportunidade
de extorsão entre os estelionatários.  Vamos a um exemplo: um fraudador deseja
ganhar dinheiro indevido de outras pessoas   na internet e, então, decide criar anúncios falsos
de acompanhantes pelas principais plataformas. Em   poucas horas, o fraudador começa a receber várias
conversas no seu Whatsapp e, após alguns breves   diálogos com as vítimas, o fraudador começa
a fazer prints (aquelas capturas de tela) das   conversas. Todo Whatsapp é vinculado a um número
de telefone e, no print, esse número fica exposto.   Após o print, o fraudador começa a extorquir as
vítimas ameaçando publicar as conversas em locais   públicos da cidade, como grupos de Facebook, por
exemplo. A vítima, com medo de sofrer exposição,   acaba fazendo os pagamentos.
Vic, como evitar esse tipo de golpe?  Lolla, infelizmente, o Whatsapp oferece esse
risco mesmo. Algumas atitudes podem ser tomadas,   como: ir nas configurações do aplicativo e
selecionar para sua foto apenas ser mostrada para   seus contatos cadastrados, não colocar seu nome
completo no seu perfil do Whatsapp e, até mesmo,   criar um Whatsapp exclusivo para a negociação.
Puxa! Que complicado! Isso acontece muito?  Lolla, infelizmente, esse golpe
é bastante popular na internet,   mas sabe como isso foi resolvido no Fatal
Model? Com a verificação de documentos. Desde 2020, quando o cadastro de documentos
passou a ser obrigatório na plataforma,   todo anúncio possui um responsável legal. O
que isso quer dizer? Que acabou o anonimato e   a impunidade. Toda vez que um cliente aciona
a polícia sobre uma tentativa de extorsão,   o Fatal Model pode fornecer os
dados aos órgãos responsáveis   para que o fraudador ou fraudadora
seja responsabilizado legalmente. Na verdade, a simples exigência destes
documentos já fez com que as pessoas mal   intencionadas corressem para bem longe
do Fatal Model. Infelizmente, as outras   plataformas não fazem essa verificação
tão importante, trazendo muitos riscos. Após a implantação da verificação de
documentos, os relatos recebidos pelo   Suporte Fatal Model passaram a ser muito muito
muito raros. Essa funcionalidade foi um sucesso! Uma outra oportunidade que seria incrível é:   termos outro aplicativo para fazer a
contratação. Ou até mesmo uma espécie   de chat. E esse é um pedido de longa data de
acompanhantes e contratantes para o Fatal Model. Em 2020, foram feitos alguns testes dentro do
Fatal Model sobre o chat para negociação. Quatro   cidades foram selecionadas para experimentar
essa nova forma de negociar. Muito mais segura! O pessoal do Fatal Model estava
aqui me contando que esses testes   geraram muito aprendizado. O projeto
foi totalmente refinado e novos testes   devem acontecer ainda em 2021. Dessa vez,
com ainda mais ferramentas de segurança,   agilidade e privacidade. Todos os usuários
foram ouvidos e o novo projeto está incrível.  Esses são alguns dos meus momentos favoritos
de ser embaixadora da marca: ficar sabendo em   primeira mão as novidades da plataforma.
Eu estou muito ansiosa para experimentar. Vic, vou falar agora de outra fraude que é,   infelizmente, muito frequente: o uso
de fotos e vídeos falsos no anúncio. Propaganda enganosa é crime. Nenhum
anúncio pode ter fotos e vídeos falsos. Tem o acompanhante que, de fato, atua como
tal, mas tem vergonha de sua aparência, ou,   então, não quer ser reconhecido por familiares
e amigos, mesmo em fotos apenas de corpo. Esses   acompanhantes utilizam fotos de terceiros e acabam
praticando o que chamamos de concorrência desleal:   furtam clientes de outros profissionais que são
verídicos em suas mídias. As fotos falsas geram   muita frustração nos contratantes. Muitos nunca
mais terão coragem de fazer uma nova tentativa   de contratação no futuro, prejudicando o
mercado como um todo. Esses profissionais,   repito, estão praticando propaganda enganosa, que
é crime. Prejudicam seus colegas de profissão,   seus clientes e a si próprio, pois acabam
mais suscetíveis a agressões e ameaças.  Lolla, é por isso que a mídia de
comparação foi criada no Fatal Model,   certo?
Exato, Vic! A mídia de comparação é uma criação
do Fatal Model. Na plataforma,   não basta você publicar suas fotos e vídeos.
Você precisa publicar o seu vídeo de comparação. Como o nome já diz, é um vídeo que segue
algumas regras e etapas de certificação,   que fazem com que os contratantes possam
comparar o corpo do vídeo com o corpo das   publicações do anúncio. Com isso, fica muito
difícil utilizar fotos e vídeos falsos. Assim como a verificação de documentos, a
mídia de comparação não foi implementada   na grande maioria das plataformas concorrentes
do Fatal Model. Isso faz com que ainda existam   muitos anúncios falsos na internet. O
Fatal Model fez sua parte e, só em 2020,   removeu mais de 50 mil anúncios a
partir dessas etapas de verificação.  Mas ainda sobre as fraudes das fotos e vídeos
falsos, Vic, existe um golpe ainda mais elaborado.   Vou precisar da sua atenção e do pessoal
que está assistindo para compreenderem bem: Esse golpe é muito bem mascarado. Acontece
quando o fraudador utiliza fotos de terceiros   intencionalmente, buscando causar decepção nos
seus clientes para fazer com que o atendimento   não aconteça, porém, buscando fazer com
que o pagamento seja feito. É complexo. Talvez, você cliente, já tenha
caído nesse golpe e nem mesmo   tenha percebido que a situação foi
armada para ocorrer dessa forma. Vamos a um exemplo: o fraudador ou fraudadora cria
um anúncio com fotos e vídeos falsos. Normalmente,   são usadas mídias de alguma pessoa
bastante atraente para a maioria   dos contratantes. Em poucas horas, as
primeiras vítimas entram em contato para   agendar atendimentos. E são agendados com
sucesso! Normalmente, em locais públicos,   como hotéis ou motéis. Ou, então, no local de
atendimento próprio do acompanhante, mas que,   também, costuma ser um condomínio ou flat
com outros moradores ou hóspedes próximos. Chegando no local combinado,
o cliente toma um susto:   a pessoa é totalmente diferente
das fotos. Totalmente mesmo! Diferentemente do caso que eu citei
anteriormente, em que, normalmente,   uma pessoa branca e loira busca fotos falsas de
outras pessoas de biotipo parecido. Nesse caso,   a pessoa busca usar fotos de biotipos
totalmente incompatíveis, propositalmente. Por quê? Porque a pessoa quer
causar descontentamento no cliente.   O objetivo é que o cliente desista do atendimento. Quando o cliente se depara com uma pessoa
totalmente diferente do esperado, o cliente,   provavelmente, se recusará a prosseguir
com o serviço contratado. Nesse momento,   se inicia a parte final do golpe: O fraudador começa a ameaçar a vítima
exigindo que o pagamento seja feito,   pois o horário foi reservado em
sua agenda. A chantagem é de que,   caso o valor não seja acertado, o acompanhante
fará um escândalo no prédio. A vítima,   mais uma vez com medo de exposição,
acaba por entregar o valor combinado. Ainda existe um outro desdobramento
possível: o cliente aceita continuar   com o atendimento combinado. No entanto,
ele acontecerá com um grande climão,   sem vontade. O serviço agendado para
durar uma hora, acabará em 15 minutos. O Fatal Model já recebeu relatos em que,
mesmo o cliente aceitando o atendimento,   esse foi interrompido na metade do tempo por
uma terceira pessoa. Tudo como parte da fraude. Com esse golpe, o fraudador consegue
enganar várias vítimas ao longo do dia e,   mais uma vez, prejudicando profissionais de
verdade. Como nós, Vic! Também faz com que   pessoas que seriam clientes fiéis de diversos
acompanhantes, desistam de contratar no futuro.  Lolla, esse é um grande problema. Nós somos
muito prejudicados por esse tipo de prática.  Eu fico muito feliz em ver que
o Fatal Model vem trabalhando   em diversas etapas de verificação para
coibir o uso de fotos e vídeos falsos. A verificação facial é uma nova
ferramenta que faz com que o rosto   do anunciante seja comparado, pelo
sistema, com a documentação atrelada   ao anúncio. Fazendo com que perfis falsos
sejam detectados o mais rápido possível. A mídia de comparação também terá uma grande
atualização prevista ainda para 2021. Fará   com que seja impraticável a gravação da mídia por
terceiros para a publicação no anúncio. Mais uma   vez, o Fatal Model se posiciona como
líder no empoderamento da profissão para   os acompanhantes que trabalham seriamente.
Vic, esse vídeo foi muito importante. Nós   sabemos que conhecimento é tudo! Nós
poderíamos fingir que esses problemas   não acontecem e nunca falar sobre eles.
Permitir que acompanhantes profissionais   sigam sendo prejudicados pela concorrência
desleal e que clientes sigam sendo lesados.   Queremos um mercado digno e respeitoso!
Esse foi o vídeo da semana aqui no canal.   Como comentamos, ele é um pouco diferente do
tradicional e esperamos que você tenha gostado. Se você não deixou seu like
ainda, chegou o momento de   ajudar o canal. Muito obrigado por ter
assistido até aqui e até a próxima! Siga o Fatal Model nas redes sociais
e fique de olho nos conteúdos de   segurança no Fatal Blog:
fatalmodel.com/blog Tchaaauu!

Rate this post
Você também Pode Gostar de Ler essa Matéria:   Como Descobrir Uma Traição (2020)